domingo, 11 de dezembro de 2016

Os amigos e a cumplicidade

- Somos amigos não somos?
- Eu e tu? Claro que sim, sempre fomos e sempre seremos!


Um beijo na cara, uma palmada no rabo, um abraço intenso, um beijo meloso, e assim para o desavergonhado.
É, simplesmente, o quão amigos somos, e temos sido, com toda a cumplicidade e intimidade que temos adquirido.


Construímos nesta amizade, um conforto, um castelo, algo belo, que não desvanece, que não desaparece, que se fortalece, a cada momento, a cada instante, em cada desejo, sempre que te vejo, e sempre que te beijo.

Somos tão bons amigos.


Sem comentários:

Enviar um comentário