sábado, 27 de agosto de 2016

Aquela mulher e mais nenhuma

Ainda hoje quero encontrar a mulher por quem me apaixonei.
Aquela que me deu carinho e me deu ternura com fartura.


Não quero a mulher quebrada pelo desgosto do que viveu e daquilo que nada fiz eu.
Procuro a mulher que me abraçou, que me fez acreditar que a vida ainda agora começou.

 
Mas afinal o que foi que nos aproximou? Tu sabes onde tudo começou?
Quero aquela mulher, aquela e mais nenhuma, a que me acarinhou, beijou, a que me amou!




Sem comentários:

Enviar um comentário