sábado, 17 de setembro de 2016

Obrigas-me ao melhor de mim

Amo-te com tudo, absolutamente tudo o que tenho e o que hei-de vir a ter também.

Amo-te porque sim, porque me completas, porque me inquietas, porque me inspiras, porque me instigas: a mais, ao incrível, ao interessante, ao que realmente é importante.
Obrigas-me, puro e simplesmente, ao melhor de mim.



Agora tu, não sejas parva, ama-me também!

 




Sem comentários:

Enviar um comentário